Gestão à vista: conheça os benefícios e como aplicá-la

Tempo de leitura: 4 minutos

A gestão à vista é um dos métodos mais usados para que metas e o gerenciamento de novos projetos sejam acompanhados com cuidado, visualizando assim os resultados em tempo real.

 

Essa é uma forma de pensar em estratégias eficientes e meios para que os resultados sejam alcançados por meio de uma equipe engajada, como consequência, diante de sua produtividade.

 

Quer saber como funciona, como aplicar e quais são os benefícios? Continue lendo esse artigo e saiba mais sobre a gestão à vista!

 

O que é gestão à vista?

A gestão à vista é um meio de informar e deixar toda a equipe a par de quais são as metas do time, qual é o andamento e como está sendo efetuado esse alcance.

 

Assim, por meio de indicadores e controle específico, têm-se uma maneira visual de compreender o andamento das métricas, permitindo com que todos saibam o que está acontecendo.

 

Para o gestor, é uma vantagem compreender o que está acontecendo no cenário laboral, enquanto que para a equipe, é uma maneira de identificar problemas ou o que está sendo feito de forma correta.

 

Você sabe qual é o principal ponto da aplicação da gestão à vista? Confira no vídeo abaixo mais no podcast do EAG!

Quais são os benefícios de fazer gestão à vista?

Quer saber quais são os principais benefícios de fazer a gestão à vista dentro de sua empresa?

Engajamento: tenha uma equipe mais comprometida diante do resultado esperado;
Clareza sobre a performance do time: você consegue entender o que está rendendo pontos positivos, o que precisa ser melhorado e todas as métricas relacionadas;
Vivência da cultura organizacional: é natural que os integrantes vivenciem e experienciam a cultura organizacional com muito mais afinco diante dos desafios do dia a dia;
Energia: assim como os pontos anteriores, o time sente-se com mais energia e atua de forma mais energética;
Produtividade: com mais energia circulando dentro do ambiente de trabalho, é natural que a produtividade tenha um desempenho maior;
Resultados: tenha metas batidas antes mesmo da data acordada;
Senso de urgência: com meta e prazo determinados, cria-se a “ânsia” de que tudo seja cumprido conforme o acordado;
Agilidade na tomada de decisões: ainda de acordo com a questão anterior, têm-se mais cuidado e direcionamento para que as próximas ações dentro do time sejam aplicadas.

Esses são alguns dos pontos principais para começar a aplicar o quanto antes esse método dentro de sua empresa e assim, obter todos as vantagens citadas anteriormente!

 

Qual é o propósito da gestão à vista?

A intenção da gestão à vista é de manter todos os trabalhadores cientes do andamento do projeto, tanto para verificação positiva, quanto negativa.

 

Dessa forma, é possível entender o que está dando certo ou qual o rumo que precisa ser alterado.

 

Como criar a gestão à vista na empresa?

Quer começar a gestão à vista dentro da sua empresa? Confira abaixo um guia completo para que inicie o quanto antes essa ação dentro de seu negócio:

 

Defina os processos

Primeiramente, é preciso entender quais serão os processos implementados de forma pontual e precisa.

 

Um exemplo é: qual será a demanda executada? Como o processo de vendas será implementado?

 

Escolha os indicadores

Agora é o momento de selecionar quais serão os indicadores seguidos e acompanhados.

 

Nesse caso, alguns dos exemplos podem ser:

Metas almejadas;
OKRs;
Entregas finalizadas;
Quantidade de vendas.

Defina as pessoas

Selecione quem serão as pessoas responsáveis pela coleta de informações, a atualização de dados e o acompanhamento dos indicadores.

 

Mesmo que o procedimento tenha mais pessoas envolvidas, é interessante que uma seja a dona em específico para que a verificação constante.

 

Saiba qual é o método de coleta

Estabeleça qual será a forma de coletar os dados, assim, posteriormente fica mais fácil e simples de acompanhar os indicadores.

 

Por isso, é preciso formalizar um dos métodos para que seja sempre seguido e mantido como padrão.

 

Estabelece o quadro

Por fim, crie o quadro de gestão à vista, basta que encontre o melhor modelo e consiga adaptá-lo para o seu contexto pessoal.

 

Confira no vídeo abaixo do EAG como funciona a cultura de gestão à vista dentro das empresas e como aplicar essa transição!

 

Ferramentas para fazer gestão à vista

Mas, como organizar com maior facilidade o andamento das atividades? Veja abaixo alguns dos métodos mais indicados:

 

Método Kanban

Esse método é feito com o uso de cartões coloridos, orientando assim o fluxo de tarefas do time.

 

Ele geralmente é dividido em três colunas, que são: para fazer, em produção e finalizados.

 

Assim, têm-se uma visão mais ampla e direcionada do que precisa ser iniciado, do que já está em andamento e o que já foi concluído.

 

Dashboard

De uma maneira simples e rápida, os dashboards podem ser criados diretamente no Excel, organizando assim de forma visual os gráficos e os resultados do que está sendo desempenhado.

 

Eles são uma ótima forma de estimular a competitividade e interação entre os integrantes da equipe, promovendo assim um time cada vez mais autogerenciável.

 

Painéis ou quadros

Outro método simples e rápido, você pode instalar painéis ou quadros no setor de atuação, onde podem ser pendurados de forma acessível.

 

Bem parecido com o método Kanban, aqui vale a aplicação de post its, papéis próprios da empresa ou diferentes possibilidades.

 

Gostou desse conteúdo? Continue acompanhando o blog EAG para receber novidades e dicas para implementar dentro de sua empresa e torná-la cada vez mais autogerenciável!

O post Gestão à vista: conheça os benefícios e como aplicá-la apareceu primeiro em Blog EAG.

Tempo de leitura: 4 minutos A gestão à vista é um dos métodos mais usados para que metas e o …
Leia Mais
O post Gestão à vista: conheça os benefícios e como aplicá-la apareceu primeiro em Blog EAG.

Deixe um comentário