Balanço patrimonial de uma empresa pequena: como fazer? Passo a Passo

Tempo de leitura: 5 minutos

Conhecido como um relatório financeiro bem comum nas empresas, o balanço patrimonial é designado para compreender com mais precisão a questão econômica da companhia dentro de certo período.

 

É ele quem permite com que os interessados saibam como está a saúde financeira da organização, modificando assim a rota quando preciso ou apenas acompanhando eventuais mudanças.

 

Quer saber mais sobre como funciona essa questão dentro de um negócio? Veja abaixo informações sobre como ele é feito, os tipos existentes e muito mais.

 

O que é um balanço patrimonial de uma empresa?

O balanço patrimonial é uma espécie de relatório contábil do qual possui toda a situação financeira da companhia.

 

Ele é conhecido por ser a melhor forma de entender mais sobre os bens e proporções de um negócio, assim como compreender com mais visão os investimentos e recursos atrelados.

 

Quer saber informações mais completas sobre o que é o balanço patrimonial? Confira abaixo o que ele é e como fazer em sua empresa com mais precisão!

Para que serve o Balanço Patrimonial?

É importante deixar claro que o Código Civil é uma obrigação da qual está descrita pelo Código Civil para as empresas, independente de qual seja o tamanho dela.

 

Por meio dele têm-se uma noção mais precisa do que está acontecendo na companhia em visões financeira, principalmente para gerenciar uma companhia com mais transparência e direcionamento.

 

Ele geralmente é realizado no tempo de 1 ano, onde deve-se ter precisão e cuidado na execução, principalmente na questão de entrada e saída.

 

É ele que mostra:

Qual o momento atual da empresa;
Qual é a propensão de endividamento, lucro, crescimento e até mesmo potenciais investimentos que podem ser realizados.

Quando fazer o balanço patrimonial?

O balanço patrimonial geralmente é feito entre um ciclo de 12 meses, mais precisamente no final do ano para entender o ano que se passou e analisar o que precisa ser feito no período que está por vir.

 

Assim como já dito anteriormente, ele é obrigatório para todas as empresas, menos aquelas que estão dentro do regime do Simples Nacional, portanto, não deixe de conferir essa questão com o seu contador!

 

Como funciona balanço patrimonial?

Engana-se quem pensa que o balanço patrimonial pode ser feito personalizado de acordo com cada companhia, na verdade, ele possui uma estrutura básica da qual deve ser aplicada por todas as organizações.

 

Ele precisa ter sempre a data de início e fim, além dos itens citados abaixo:

 

Patrimônio líquido

O patrimônio líquido é tudo aquilo que a companhia possui de capital próprio, o que pode ser obtido por meio da soma de todos os recursos, valores aplicados pelos sócios, reservas de lucros e muito mais.

 

Ele pode ser obtido também por meio da diferença entre os ativos e os passivos, indicando assim o retorno financeiro principalmente para acionistas e sócios.

 

Ativos

Os ativos de um negócio contam como tudo aquilo que se tem, desde bens, recursos, dinheiro, direitos, ou seja, tudo aquilo que pode gerar valor econômico.

 

Eles são divididos entre dois:

Ativo circulante: considerados aqueles que tem menor liquidez, onde a empresa consegue transformar em lucro em menos que 12 meses. De forma exemplificada: dinheiro em caixa, estoque, contas a receber e aplicações financeiras;
Ativo não circulante: aqui são inseridos aqueles que tem uma liquidez maior, no caso, que precisam de um tempo maior para que tornem-se dinheiro. Os exemplos aqui são: imóveis, maquinário, veículos e até direitos autorais.

Passivos

Os passivos são aqueles classificados como dívidas ou obrigações que a empresa precisa arcar monetariamente, onde no final do período, será reduzido do lucro.

 

Eles também são divididos entre duas categorias, que são:

Passivo circulante: aqui é sobre toda a dívida ou pagamento que precisa ser feito num período menor do que um ano, como é o caso do salário dos funcionários, questões trabalhistas, fornecedores, impostos, financiamentos e muito mais;
Passivo não circulante: nesse caso a questão é sobre aquilo que precisa ser pago no tempo maior de um ano, como são os financiamentos e dívidas de longa data, debêntures e muito mais.

Como fazer balanço patrimonial de uma empresa?

Quer começar a fazer o balanço patrimonial dentro de sua organização? Veja abaixo o guia completo para começar o quanto antes essa ação!

CLT ou PJ: O que vale mais a pena para sua carreira? Diferenças, Vantagens e Desvantagens

Criar uma planilha ou usar um software de gestão financeira

O primeiro passo é encontrar um sistema de organização que seja o mais condizente com o que a sua empresa precisa, pode ser um do qual já é usado ou apenas uma planilha específica.

 

Preencher os ativos

Agora é o momento de realizar o cálculo conforme descrito acima e saber precisamente quais são os ativos de sua companhia.

 

Depois disso, insira-os dentro da planilha na aba de ativos, facilitando assim o uso e consulta de quem precisar acessar esse documento.

 

Preencher os passivos

Assim como o ponto anterior, agora é o momento de inserir quais são os passivos da empresa, em outras palavras, tudo aquilo que será aplicado como redução e desvalorização da receita final.

 

Preencher o patrimônio líquido

É preciso também inserir qual é a quantidade do patrimônio líquido existente dentro de sua companhia, facilitando assim eventuais contas e somatórias que precisam ser aplicadas para a obtenção do balanço.

 

Analisar indicadores de renda

Comandante, você sabe quais são os indicadores de renda que existem em sua companhia?

 

Aqui você deve pensar em quais são as possíveis formas em que seu negócio possui para sustentá-lo, quais são as formas existentes de obter o lucro necessário.

 

Analisar valor de dívidas

Da mesma forma como você deve saber quais são as possíveis obtenções de lucro, qual é o fluxo de caixa da sua empresa e o patrimônio líquido existente, é preciso também entender mais sobre os valores de dívidas.

 

Tudo isso deve estar à vista para que posteriormente, sejam quitadas e o futuro financeiro da companhia possa ser visualizado com mais cuidado e precisão.

 

Analisar evolução da liquidez

É por meio dos indicadores de liquidez que é possível entender se aconteceu o desequilíbrio ou a manutenção das questões financeiras de uma empresa.

 

Ele é obtido por meio das informações analisadas no balanço patrimonial, recomendado que seja atualizado constantemente, obtendo assim um cálculo preciso dos valores.

 

Analisar evolução do patrimônio líquido

Por fim, saiba entender o que está acontecendo diante dessa quantidade de dados, principalmente quando falamos sobre o patrimônio líquido de um negócio.

 

É importante sempre comparar o balanço patrimonial obtido anteriormente com o que se existe agora, analisando o que aconteceu de positivo, negativo e o que pode ser melhorado.

 

Exemplo de Balanço Patrimonial de uma pequena empresa

 

Balanço patrimonial simplificado

O balanço patrimonial deve ter os seguintes dados para que possa ser analisado:

Ativos;
Passivos;
Patrimônio líquido;
Data de início e de fim do período analisado;
Referência dos dados.

Clique no vídeo abaixo e saiba mais sobre como funciona essa questão por meio de dicas exclusivas de Marcelo Germano, aplicando-as em sua companhia o quanto antes!

Precisa de ajuda com a gestão financeira da sua pequena empresa?

Está precisando de ajuda no quesito financeiro de sua empresa, porém, não sabe bem ao certo a quem ou como recorrer?

 

É o momento de saber mais sobre como funciona o programa EAG, onde ajudamos não somente o quesito financeiro de sua empresa a entrar em ordem, mas também questões como:

Gestão empresarial;
Contratação e demissão de funcionários;
Inovação de produtos;
Revisão e atualização de processos.

E muito mais! Converse com nossos especialistas e saiba como podemos contribuir para que sua empresa se torne cada vez mais autogerenciável e saia do caos o quanto antes!

O post Balanço patrimonial de uma empresa pequena: como fazer? Passo a Passo apareceu primeiro em Blog EAG.

Tempo de leitura: 5 minutos Balanço patrimonial de uma empresa pequena se faz desse jeito! Confira o passo a passo com exemplos e dicas de como analisar indicadores!
O post Balanço patrimonial de uma empresa pequena: como fazer? Passo a Passo apareceu primeiro em Blog EAG.

Deixe um comentário