Falta de engajamento no trabalho: como identificar em 2 passos!

Tempo de leitura: 4 minutos

É natural que em algum momento do ano os funcionários estejam cada vez mais com o foco em outras coisas, pensando nas férias que vão tirar e também nos planos que tem para colocar em prática.

 

Mas, você, comandante, sabe identificar de forma certeira e direta o que é a falta de engajamento no trabalho? Esse pode ser um dos maiores problemas que sua empresa tem e você nem imagina!

 

Confira abaixo mais sobre o que é, como identificar e o que deve ser feito para que seja sanada ou reduzida no espaço de trabalho.

 

O que é falta de engajamento no trabalho?

A falta de engajamento, de uma maneira geral, é quando o funcionário não tem mais capacidade – seja temporária ou definitiva -, de atuar de forma qualitativa no espaço de trabalho e suas funções.

 

Assim, é possível identificar algumas características que são derivadas dessa questão, que são:

Falta de sensibilidade e carisma: tanto de forma individual quanto com relacionamentos interpessoais, o colaborador deixa de se importar como seu colega está se sentindo diante de suas ações, assim como seus próprios sentimentos;
Baixa motivação: ainda seguindo o ponto anterior, não há a vontade de atuar de forma positiva ou efetiva no espaço de trabalho, onde os resultados são mínimas e por vezes, negativos;
Problemas com colaboradores: quando a convivência com os outros funcionários começa a ficar complicada, é preciso prestar atenção no que e quem pode estar causando isso;
Falta de liderança: lembre-se que um time sempre é reflexo de seu líder, portanto, é de seu dever como comandante de um setor ou de uma equipe, garantir com que todos estejam atualizados e por dentro do que está rolando;
Inexistência de um propósito: quando os colaboradores não sentem que possuem um objetivo como um plano de carreira ou uma ligação com o negócio, é natural que percam a vontade de fazer acontecer;
Ambiente corporativo pesado: por fim, porém, não menos importante, trabalhar em um local insalubre e que tenha vários problemas é uma das maiores causas para que os funcionários não tenham mais vontade de dar o seu melhor para a companhia.

Pode ser que um desses pontos seja um cenário dentro de sua empresa, enquanto há a possibilidade da presença de várias dessas características, portanto, vale a pena o cuidado e atenção!

 

Como identificar falta de engajamento no trabalho em 2 passos

Quer saber como identificar se há a falta de engajamento ativa dentro de sua empresa? Existem dois passos simples e fáceis que podem ser verificados!

 

 

Senso de dono

O seu funcionário possui o senso de dono? Esse sinal pode ser facilmente visto se ele pensa como o comandante da companhia, onde todas as suas ações são voltadas para os melhores resultados no negócio.

 

Aqui a atenção vai muito além dos resultados e metas que são geradas pela empresa, mas sim, por aquilo que pode ser melhorado e até o que não está sendo feito. Por exemplo:

Seu funcionário chega constantemente atrasado;
Não se importa com a relação com os demais colaboradores;
Tem mais foco em bater o ponto e ir embora;
Não se preocupa com a sobrecarga ou em ajudar os colegas.

Pode ser que toda sua equipe esteja contaminada, ou, apenas um funcionário em específico. Nesse caso, vale a atenção para identificar todas as possibilidades!

 

Compromisso com o resultado do cliente

Quando o funcionário possui foco na experiência do cliente, ele sabe exatamente porque executa suas ações, o porque existe aquele processo dentro da companhia e como isso impacta no resultado final.

 

Ao perguntar para os seus funcionários – independente de qual seja o cargo ou atuação dentro da companhia -, ele saberá responder sobre qual o seu impacto na sociedade ou nicho principal?

 

Toda empresa, não importa qual é o segmento de atuação, possui uma razão para estar fazendo o que faz, é importante que isso fique claro para todos os colaboradores envolvidos nos processos.

 

Confira no vídeo abaixo mais sobre cada um dos pontos abordados acima e saiba mais sobre o que fazer em cada um dos casos!

Quais os perigos de uma equipe desengajada

Se você ainda não tem ideia de quais são os principais perigos de uma equipe desengajada, é preciso ter cuidado e observar os pontos negativos, que são:

Não atingir os objetivos e metas;
Problemas de interação dos funcionários;
Redução de receita monetária;
Alta taxa de turnover (rotatividade de funcionários);
Clima organizacional ruim;
Equipe contaminada;
Problemas de desempenho dos funcionários.

Esses são apenas alguns dos principais resultados que podem acontecer com uma equipe desengajada, por isso, é preciso que o líder esteja sempre de olho nos sentimentos de cada um dos seus liderados.

 

Motivos para falta de engajamento no trabalho

Existem muitas razões que podem impactar nessa falta de engajamento dentro do ambiente de trabalho, porém, as maiores delas são:

Falta de pertencimento: se os funcionários não possuem o sentimento de que são parte de uma equipe, é natural que o resultado e suas ações sejam condizentes com essa sensação;
Problemas de liderança: muitas pessoas não se identificam com o negócio por “medo” ou insegurança na liderança de sua equipe, portanto, é natural que ajam de acordo;
Remuneração baixa: assim como a falta de plano de carreira, não remunerar seus colaboradores da forma correta ou na média do mercado também é um problema latente;
Falta de liberdade: se um colaborador não pode exercer sua função conforme foi contratado ou como achar melhor, é apenas uma consequência de que as ações sejam receosas e com receio de represália por parte dos superiores.

Comandante, pode ser que esse seja o momento de fazer uma análise interna de sua empresa e procurar entender o que está ocasionando alguns problemas que já se tornaram parte da realidade do seu negócio.

 

Como melhorar o engajamento da equipe?

Quer saber como melhorar o engajamento de seu time e evitar os problemas citados acima e muitos outros? Confira 12 passos para aumentar a interatividade e empenho das pessoas em sua equipe.

 

Quer mudar de vez o cenário de sua empresa, seja ele interno ou externo? É a hora de conhecer mais sobre o programa EAG!

 

Por meio dos nossos ensinamentos, aplicações e dinâmicas, você aprende a como ter uma equipe autogerenciável e tirar sua empresa do caos em pouco tempo!

 

Fale com nossos especialistas e receba uma sessão estratégia gratuita sobre o que podemos fazer por você e por sua organização!

O post Falta de engajamento no trabalho: como identificar em 2 passos! apareceu primeiro em Blog EAG.

Tempo de leitura: 4 minutos É natural que em algum momento do ano os funcionários estejam cada vez mais com …
Leia Mais
O post Falta de engajamento no trabalho: como identificar em 2 passos! apareceu primeiro em Blog EAG.

Deixe um comentário