Cultura de foco no cliente: como criar estratégias de sucesso

Compartilhe esse conteúdo

Tempo de leitura: 4 minutos

Entender a cultura de foco no cliente é uma das prioridades que deveriam ser adotadas em quaisquer empresas que querem obter sucesso e ir além do comum.

 

Segundo a pesquisa da Deloitte, as companhias que realizam essa aplicação de estratégia possuem cerca de 60% a mais de lucro do que as que não executam essa ação.

 

Entenda mais sobre o que ela significa abaixo, além de se convencer de que deve ser implementada o quanto antes em seu negócio.

 

O que é cultura centrada no cliente?

A cultura centrada no cliente não á nada mais do que uma estratégia de ação que tem o objetivo de sempre gerar a melhor experiência possível para o consumidor em qualquer momento da jornada de compra.

 

Dessa forma, é preciso que a empresa crie todas as estratégias de marketing com foco no cliente, oferecendo produtos, serviços e questões que melhorem essa relação entre comprador e empresa.

 

É preciso que essa vivência do indivíduo esteja dentro da personalidade da companhia e não em apenas um setor específico ou da compra em si.

 

Essa cultura centrada vai além da liderança da empresa aplicando os valores necessários: é preciso que eles estejam em todo o desenvolvimento, desde estratégias, estruturas e comunicação.

 

Ela é desenvolvida de forma a fortalecer a cultura organizacional, aproximando todas as áreas do público alvo.

 

O que é cultura do cliente?

A cultura do cliente é executada por meio da administração da experiência do indivíduo, de forma a criar fidelização e identificar novas oportunidades, seja por meio das redes sociais ou diferentes maneiras.

 

Assim, as informações devem chegar aos clientes de forma natural, onde o atendimento é apenas parte do processo de encantamento entre quaisquer canais desejados.

 

A cultura do cliente deixa-o mesmo no centro de todas as tomadas de decisão e planejamento estratégico, sempre pensando na melhor forma para que esse possa obter o serviço e um aprendizado além do comum.

 

Qual a diferença de foco no cliente e foco do cliente?

Qual a diferença de foco no cliente e foco do cliente?

Com nome bem parecidos, é importante compreender que são totalmente diferentes entre si. Leia mais abaixo e veja a especificidade de cada uma:

 

Foco no cliente

Aqui é preciso ouvir e prestar atenção no que o indivíduo pode falar sobre sua satisfação, experiência e produto adquirido.

 

Algumas ações que podem ser tomadas nesse caso, são:

  • Verificar as necessidades do cliente;
  • Avaliar qual é o grau de satisfação do indivíduo;
  • E por fim, estudar eventuais reclamações.

Assim, fica muito mais fácil saber o que deve ser alterado e modificado para que todo o processo seja singular para o consumidor.

 

O principal foco é de entender o cliente de dentro para fora da companhia, por isso, é preciso empatia para compreender o que o indivíduo pode estar se queixando ou sugerindo.

 

Foco do cliente

Nesse caso, a empresa tende a se colocar no lugar do cliente. Ou seja, pensar como ele pensaria, entender mais sobre como é executado o consumo e tudo que está envolvido.

 

Usar e entender a experiência no cotidiano ajuda na incorporação do sentimento de ser o comprador.

 

É aqui que acontece o momento da verdade, onde é possível formar uma opinião sobre o produto e a qualidade do mesmo e sobre qual é o valor adquirido.

 

Benefício de criar uma cultura de foco no cliente

É preciso que uma empresa crie a cultura de foco no cliente para que assim, tenha uma continuidade garantida diante das mudanças do mercado.

 

Ao entender o que o público alvo deseja, é possível criar produtos e serviços assertivos e entregá-los da maneira correta, do contrário, perde-se compradores e há um direcionamento errado.

 

Empresas que possuem essa aplicação diária, escutam o que os indivíduos tem a dizer, sabem o que é desejado e assim, podem criar serviços destinados, resolvendo os problemas em questão.

 

A linha de pensamento é rápida e direta: como uma empresa sobreviver[a se não possui os produtos e serviços que resolvam o problema da persona?

 

Como criar uma cultura de foco no cliente

Quer saber exatamente o que deve ser feito para criar uma cultura de foco no cliente saudável e assertiva?

 

Escute o podcast abaixo do EAG com José Salibi Neto e entenda todos os pontos cruciais para sua companhia!

1. Entender quem é seu público-alvo

Primeiramente, é preciso que você entenda quem é seu público alvo, afinal, somente assim poderá saber mais sobre com quem está lidando.

 

Dessa forma, pode-se mapear com mais facilidade quais são as preferências, quais os produtos podem ter mais sucesso de venda e também direcionar itens e serviços no futuro.

 

Ao compreender bem ao certo qual é o público alvo, têm-se muito mais probabilidade de ter vendas assertivas, retorno em relação ao item e sucesso empresarial.

 

2. Criar um setor de costumer success

É essencial que empresas que desejam obter sucesso, façam a criação de um setor específico em costumer sucess, em outras palavras, no sucesso do cliente.

 

Assim, por meio dessa estratégia, é possível mantê-los com muito mais assiduidade e por consequência, gerar mais receita para o negócio.

 

Segundo o post do blog Resultados Digitais, é comprovado que empresas que possuem essa gestão específica, tem muito mais receita e crescimento rápido do que aquelas que não realizam essa ação.

 

3. Criar estratégias de relacionamento com o cliente

Ao criar essa proximidade com o cliente, é preciso desenvolver novas estratégias e ações que serão aplicadas, sempre de forma a melhorar o relacionamento com o consumidor.

 

Promova pesquisas, planejamentos de gestão, de envolvimento e assim, esteja cada vez mais focando na melhoria do interessado, fidelizando o mesmo especificamente com sua marca.

 

Ao implementar uma comunicação mais ampla, mais direcionada e com mais atenção, todo o planejamento estratégico fica muito mais simples e assertivo.

 

As estratégias podem ser executas via redes sociais, via newsletter, via contato direto e diferentes maneiras, basta compreender qual é aquela que é melhor compatível com seu público alvo.

 

4. Fazer melhorias contínuas

Depois de angariar todas essas informações, é preciso repetir o ciclo e sempre deixar o consumidor perto, visto que assim, têm-se um canal de comunicação de fácil acesso e melhorias podem ser executadas constantemente.

 

Lembre-se que o seu cliente é mutável, assim, a empresa também deve ser, portanto, atenção aos detalhes e as mudanças tanto externas quanto internas, devem ser observadas.

 

A melhoria pode ser um simples processo no site online, uma simples ação diretamente associada à venda, a facilidade de contato com a equipe e muito mais.

 

Observar com atenção as pequenas questões do dia a dia e necessidades do público alvo é o que diferenciará sua empresa dos demais concorrentes nesse caso.