5 passos para praticar a gratidão em uma PME

Compartilhe esse conteúdo

Tempo de leitura: 4 minutos

Você provavelmente já deve ter escrito um bilhete de agradecimento para alguém, pode ter sido para sua mãe, algum parente próximo ou até mesmo a um cliente seu, mas a questão é ultimamente você tem o hábito de praticar gratidão? Nós sabemos que além de cuidar dos négocios e manter um relacionamento estável com nossos clientes ainda precisamos dar atenção as nossas famílias. Isso demanda tempo e energia, eu sei, mas ao invés de sempre ficarmos focando nos problemas do trabalho, devemos parar e ver o que de positivo está ao nosso redor. Pode parecer banal, mas as últimas pesquisas científicas mostram que quem pratica a gratidão são pessoas mais felizes, saudáveis e bem sucedidas.

Praticar a gratidão faz bem a saúde

Quando as pessoas praticam gratidão, elas se protegem dos impulsos da ganância, inveja, ressentimento e amargura. Cultivar a gratidão também promove uma variedade de benefícios psicológicos, físicos e interpessoais. Para nós, donos de pequenas e médias empresas (PME), que lidamos com obstáculos todos os dias, crises financeiras, prazos apertados, precisamos de pessoas para fazer com que nossas empresas gerem resultados, e praticar a gratidão é uma forma de amenizar o ambiente corporativo e fazer com que nossos funcionários se sintam satisfeitos com seus trabalhos e também se sintam recompensados e valorizados.
Outro benefício que ganhamos quando praticamos a gratidão é o sentimento de felicidade, que por sua vez, dá às pessoas mais energia e contribui para os relacionamentos mais satisfatórios. Ajuda também a construir e fortalecer laços sociais e de amizades. Muitas vezes nós demonstramos nossa gratidão por pessoas que passamos mais tempo e tratamos melhor. Além disso, gratidão tem efeito cascata, ou seja, pode inspirar maior generosidade através das redes sociais, por exemplo.

Praticar a gratidão vai te ajudar como dono de pequena e média empresa

Se você for dono de uma PME, existem várias vantagens em ser grato. Além de aumentar a satisfação no trabalho, o seu desempenho será melhor, seus compromisso serão mais produtivos e você notará que seu cansaço diminuirá consideravelmente. Independente da fase que sua empresa está, se o momento é próspero ou não, a gratidão irá te ajudar a passar por qualquer desafio. É mais fácil seguir em frente quando você está otimista ao invés de lidar com a situação de forma amarga. É muito importante também contar com o apoio dos laços sociais que vão te ajudar durante os tempos ruins.
Sendo assim, te convido para saber o passo a passo que separei para você praticar a gratidão sendo dono de uma pequena e média empresa. 

1 – Faça uma lista 

Para te ajudar a ter um dia mais satisfatório na empresa, comece listando alguns temas como saúde, bem estar físico, paixões, bens materiais, relacionamento, etc. Por exemplo, você pode listar as interações que você tem com as pessoas mais próximas, como o tempo que você passa com seus filhos, com seus pais, ou algumas ações que você classificaria como um ato generoso, como ajudar uma senhora a atravessar a rua. Reflita sobre essa lista. Como isso faz você se sentir?

2 – Leia uma carta de gratidão a uma pessoa importante

Uma vez que você já tenha feito a sua lista sobre os momentos que você já realizou algum ato de gratidão, agora escolha uma pessoa e faça uma visita a ela. Escreva uma carta de agradecimento e leia pessoalmente a essa pessoa. Isso pode parecer um pouco intimidador mas tenha certeza que será uma experiência incrível tanto para você quanto para a pessoa que ouvirá você lendo a carta.
Para que a experiência seja bem impactante, escolha uma pessoa que faça muita diferença na sua vida. Alguém que sempre esteve ao seu lado te encorajando, dando apoio emocional e que se sacrificaria para te dar uma vida melhor. As pessoas normalmente escolhem os professores, os mentores, treinadores, além dos familiares. Feito isso, escreva nesta carta toda a sua gratidão a essa pessoa e diga o quão importante ela foi para sua vida. Em seguida, após terminar de ler, dê um tempo para a pessoa reagir a surpresa e depois relembre esses momentos juntos. Deixe essa carta com a pessoa para que ela possa guarda-la.

3 – Escreva sobre seus atos de gratidão

Todas as noites antes de dormir reflita sobre como foi o seu dia e escreva em um caderno três ações que você fez que foram gratificantes para você. Para te ajudar a controlar melhor suas ações e não esquece-las, separe alguns momentos do dia para focas nessas três ações. No final de cada semana, dê uma outra olhada naquela sua lista de gratidões e adicione os momentos que você falhou com as pessoas que estão lá, como sua família, funcionários ou clientes.

4 – Aprimore seus atos de gratidão

Já foi dito que quanto mais atos de gratidão nós praticarmos, mais saudáveis com nós mesmos seremos. Sendo assim, separei três dicas para você aprimorar suas ações:

  • Reconheça a bondade dos presentes e dos benefícios que você recebe. Quanto mais você valorizá-los, mas você experimentará a sensação de gratidão;
  • Reconhecer o doador por trás do dom e da bondade;
  • Concentre-se mais em presentes que estão fora de suas expectativas.

5 – Comece agora

Praticar gratidão pode ser intimidador às vezes, mas você precisa encarar isso e deixar as suas emoções falarem mais alto. Você precisa interagir com outras pessoas mesmo que elas não percebam que você está sendo generoso ou não. Você vai se sentir um pouco vulnerável, mas essas reações são normais para quem dá o primeiro passo. Pense em todos os benefícios que você terá no sentido psicológico, físico e social. E lembre-se que você não vai apenas mudar a sua vida, mas daquelas que estão ao seu redor. Você não tem nada a perder, então comece hoje a praticar gratidão.
]]>