Teste DISC: como fazer o teste de perfil comportamental

Teste DISC como funciona

Compartilhe esse conteúdo

Tempo de leitura: 5 minutos

Conhecer o perfil comportamental dos colaboradores é uma necessidade de toda empresa. Entretanto existem várias formas de aplicar questionários e métodos para classificar o tipo de comportamento de cada pessoa na equipe. Entre os mais famosos, está o Teste DISC.

 

A metodologia já foi aplicada em mais de 50 milhões de pessoas em mais de 75 países e é o tipo de teste de perfil comportamental mais frequentemente usado no mundo corporativo.

 

Mas, afinal, porque ele tem tanto destaque? Confira a seguir detalhes sobre sua aplicação e como ele funciona.

 

O que é um teste DISC?

O Teste DISC é um tipo de teste de perfil comportamental criado com o propósito de classificar os diferentes tipos de personalidades profissionais. 

 

A metodologia foi criada pelo Dr. Walter Vernon Clarke na década a partir de estudos do professor, advogado e psicólogo William Moulton Marston em seu livro “As Emoções das Pessoas Normais”, em 1945.

 

Na época da publicação do livro, os estudos que determinam a sigla do teste não tiveram destaque. Por isso, o pai do teste DISC acabou sendo Walter Clarke, que na década de 1970, retomou os estudos do pesquisador.

 

Já próximo dos anos 2000, o Professor Dr. John G. Geier contribuiu para a metodologia criando a aplicação em forma do teste que se usa hoje nas corporações.

 

Dentro de uma empresa, ele pode ser usado para que o setor de RH trace estratégias específicas para que a organização tenha melhores resultados.

 

Mas, como ele funciona?

 

Ele pode ser aplicado em diferentes formas, porém, sempre é o indivíduo que faz a resposta sozinho, sem que obtenha interferência de terceiros.

 

Esse teste é composto de várias questões de múltipla escolha, como: “Qual palavra define melhor você?”.

 

No caso, as respostas são todas compostas por adjetivos, mas, existem versões dele em que são exigidas respostas mais elaboradas, demonstrando valores da empresa..

 

Além disso, existem alguns desses desafios que mostram também quais são as crenças que o candidato menos se identifica, o que pode ser interessante que a empresa analise.

 

Importância do teste DISC

Importância do teste DISC

Para companhias que querem ter um melhor aproveitamento dos profissionais da equipe, é importante ir além das competências técnicas, mas também, verificar as atitudes e comportamentos.

 

Muitas profissões podem ter um apelo maior para certo tipo de perfil, enquanto outras priorizam demais características.

 

No pensamento organizacional, é possível ajustar o desenvolvimento do colaborador, enquanto que pelo profissional, é possível compreender melhor sobre o ramo de atuação.

 

Quais são os 4 perfis comportamentais DISC?

Teste DISC: 4 tipos de perfis comportamentais

Ficou interessado em saber quais são os 4 tipos de perfis existentes no teste DISC? Confira abaixo quais são eles:

 

1. Dominância

A pessoa que possui o perfil dominante geralmente está no controle, onde o foco é nos resultados, por vezes, até agressivos.

 

Busca sempre alcançá-los de forma rápida e incisiva, o que muitas vezes pode soar como rude.

 

2. Influência

Em sua maioria, as pessoas que são do perfil de influência são comunicadoras e descontraídas, além de que adoram ser o centro das atenções e conhecer pessoas novas.

 

Costumam ser muito animados, ativos e sempre em contato com as pessoas que os circundam.

 

Mas, um dos lados negativos é a falta de concentração ou ações que devem ser efetuadas de forma individual.

 

3. Estabilidade

Pessoas classificadas como estáveis são calmas, relaxados, reservadas, centradas e muitas vezes bem menos comunicativas, ainda mais com pessoas novas.

 

Assim, há uma tendência em interagir com quem já se conhece, valorizando seu time e principalmente os amigos e familiares.

 

Por fim, são pessoas que não gostam muito de mudanças.

 

4. Conformidade

Mais reservados ainda, adoram trabalhar sozinhos, são analíticos e dão muita importância aos fatos, dados e investigação de tudo que está acontecendo.

 

Dessa forma, são silenciosos, seguem as regras e são bem discretos.

 

Como fazer teste DISC?

Existem vários sites em que o teste DISC pode ser realizado, basta que você encontre aquele que mais gosta e assim, inicie o mesmo.

 

O mais comum deles é composto de perguntas simples, como: qual perfil você mais se identifica? Onde abaixo, estarão adjetivos, como:

  • Inflexível;
  • Reservado;
  • Arrogante;
  • Metido.

É importante lembrar que não existe uma resposta certa, ademais, é indicado que quando for responder as perguntas, não pense muito sobre, apenas siga sua intuição.

 

No final do teste, é possível identificar qual é o perfil de quem respondeu as perguntas, conforme os 4 tipos citados anteriormente.

 

Veja abaixo mais sobre a explicação de como analisar o perfil comportamental na hora da contratação por meio do teste DISC.

Qual melhor resultado do teste DISC?

Não há um resultado certo ou errado ao realizar o teste DISC, na verdade, são apenas tipos diferentes de personalidade. Mesmo assim, não representa quem você é definitivamente, mas como você ESTÁ naquele momento. Pois, é possível mudar o seu resultado do teste DISC. 

 

Neste caso, aplicar o teste é uma forma saber qual pessoa possui em cada momento perfil mais adequado para cada tipo de função:

  • Dominante: liderança ativa, autônoma e agressiva;
  • Estável: líder consistente, leal e cuidadoso;
  • Influente: vendedores, setor comercial e jornalistas;
  • Cauteloso: área financeira e analista de sistemas.

Esses são apenas alguns exemplos, por isso, você deve verificar qual é o tipo de funcionário que você deseja para aquele cargo em específico.

 

Quando pedir para funcionários fazer teste DISC

Uma das dúvidas que muitos comandantes enfrentam após descobrirem sobre o teste DISC é quando aplicarem.

 

Se você está buscando um perfil muito específico para sua empresa, é interessante aplicá-lo logo no início do recrutamento, nichando apenas aqueles que entram dentro do estilo procurado.

 

Dessa forma, é possível evitar com que a empresa tenha custos desnecessários com contratações erradas, além de otimizar todo o processo.

 

Como usar metodologia teste DISC na equipe

O teste DISC nada mais é do que uma avaliação mental aprofundada, potencializando a descoberta da empresa em relação aos colaboradores.

 

Assim, há uma maior oportunidade de planejamento e elaboração na delegação de tarefas, conhecimento dos pontos fracos e fortes dos trabalhadores e como isso pode influenciar uma equipe.

 

Mas, mesmo com a aplicação desse teste, você deve ter atenção as soft skills de seus funcionários, que nada mais são do que as habilidades interpessoais de cada indivíduo.

 

O RH é quem mais ganha com essa análise, conseguindo recrutar ou realocar grandes talentos, estimulando certas capacidades e melhorando outras.

 

Quer saber mais sobre como o modelo mental pode influenciar sua empresa tanto de forma positiva, quanto negativa? Assista o episódio completo do Podcast Empresa Autogerenciável com a psicóloga Samantha Luchini e saiba como é classificado o modelo mental das pessoas que participam da sua empresa e se existe algum padrão mais recomendável.

Identifique o tipo de comportamento de cada um

Ao identificar o tipo de cada pessoa de sua empresa, você sabe com mais facilidade qual é o planejamento estratégico que deve ser traçado para que exista um maior engajamento e crescimento.

 

Promova coaching com as lideranças da empresa

Depois disso, é a hora de promover o estudo de coaching em cada um dos colaboradores para que saibam desenvolver suas personalidades e traços marcantes.

 

Ademais, é possível ensiná-los a como lidar com seus pontos negativos, ampliando a qualidade e dedicação na empresa.

 

Estimule os líderes a desenvolver as competências dos funcionários

Por fim, é dever de todos os líderes de sua empresa saber como e quando desenvolver as competências dos funcionários que ministram.

 

Aquele mais comunicativo? Que tal inseri-lo no setor comercial? Aquele mais tímido? Pode ser uma boa ideia colocá-lo perto das pessoas com maior capacidade analítica…

 

As possibilidades são muitas! É a hora de começar a aplicar esses e tantos outros ensinamentos em sua empresa e assim, comandante, visualizar os resultados o quanto menos esperar!

 

Continue acompanhando o Blog da Empresa Autogerenciável para conhecer mais dicas de gestão de equipes de trabalho e negócios de sucesso!