Setores de uma empresa: como funcionam? Entenda aqui!

Compartilhe esse conteúdo

Tempo de leitura: 6 minutos

Estabelecer setores dentro de uma empresa é uma das ações primordiais para quem quer crescer e tornar o negócio cada vez mais rentável, afinal, assim há uma maior aplicação e crescimento dentro das áreas específicas.

Continue lendo para saber mais sobre como devem ser separados cada setor de um negócio, quais são as vantagens desse modelo e fique sempre bem informado em como ter uma organização de sucesso.

O que são os setores de uma empresa? 

O que são os setores de uma empresa? 

Os setores de uma empresa são repartições definidas para que assim, possa-se ter maior organização, resultados e consciência diante de tudo que está sendo aplicado.

 

Assim, costumam ser divididos por temáticas em comum, mas, isso não significa que não estejam constantemente em contato ou sincronizados.

 

É essencial que mantenham essa conversação constante, dessa maneira, podem trabalhar em conjunto e em prol dos resultados mais potentes para a empresa.

 

A maneira como serão divididos é articulada conforme o organograma traçado pela empresa, gerando maior organização e eficiência.

 

Como dividir os setores de uma empresa? 

Quer aprender a dividir os setores dentro de uma empresa?

 

Veja abaixo dicas essenciais para criar essa categorização com mais facilidade:

  • Estude sua empresa: identifique as estruturas organizacionais de sua companhia, dessa forma, poderá ter uma visão mais fácil de como criar os setores necessários;
  • Escolha um modelo condizente: os mais usados são o projetista e o funcional, onde há a possibilidade do setor clássico ou por projetos temporários;
  • Crie uma base de comunicação: aqui, é preciso que sejam reduzidas as hierarquias para que todas as partes da companhia possam se comunicar com mais eficiência;
  • Planeje a demanda de trabalho: isso é primordial para saber quando contratar novos colaboradores ou demiti-los.

Ao começar a aplicar essas dicas básicas, ficará muito mais fácil de conseguir quais são os setores necessários dentro de sua empresa.

 

Quais são os setores de uma empresa? 

Geralmente as empresas possuem alguns setores padrões, acompanhe abaixo quais são eles:

 

Marketing 

O setor de marketing é quem cuida da imagem institucional da empresa, tanto de forma interna quanto externa, criando estratégias para que as vendas aumentem, impactando diretamente na área comercial.

 

Entre as principais funções que devem ser executadas, estão:

  • Criação de peças publicitárias;
  • Identidade visual dos produtos;
  • Catálogos;
  • Redes sociais;
  • Organização de eventos.

E muito mais! Tudo isso muda conforme a empresa em si e os seus afazeres.

 

Comercial 

O setor comercial é aquele que representa a empresa de forma tanto interna, quanto externa.

 

É ele que cuida das vendas, gera receita e lida com os clientes do negócio.

 

Assim, uma das principais ações é garantir que todas as necessidades, dúvidas e questões pertinentes dos interessados sejam sanadas, convertendo em vendas.

 

RH 

O departamento de recursos humanos é lembrado por fazer a gestão das pessoas, assim como o recrutamento de novos talentos e colaboradores.

 

É ele quem buscará solução para problemas, ficará de olho no horário de entrada e saída dos colaboradores, contará as horas extras, além de outras funções.

 

O foco, nesse caso, é a parte interna da companhia e os trabalhadores que a compõem.

 

São esses os responsáveis pelas ações de motivação, treinamento, plano de carreira, promoção, além de tudo aquilo que pode melhorar o relacionamento e clima organizacional do negócio.

 

Operações 

Esse é o setor que transforma os insumos em produto final, englobando assim as tarefas de estoque, o almoxarifado, expedição e por fim, a logística.

 

O foco aqui é que todos os itens que são produzidos sejam entregues com qualidade e dentro do traçado pela companhia.

 

Financeiro

O setor financeiro é aquele que realizar a administração dos recursos da empresa, verificando os investimentos, os riscos, gestão de contas e tesouraria no geral.

 

A principal função dele é gerenciar todos os recursos do negócio, não somente a lucros de curto prazo, mas também de projetos mais longos.

 

Esse departamento costuma ser separado do contábil, onde o segundo fica mais atento as tarefas do dia a dia, como fluxo de caixa, contas a pagar e movimentações financeiras.

 

Enquanto isso, o financeiro cuida das funções mais estratégicas, análise dos resultados e dos investimento aplicados.

 

Administrativo  

Esse é conhecido como o setor que é o coração da empresa, isso porque é o responsável pelo planejamento estratégico, gestão de atividades e fiscalização dos demais setores.

 

Em muitos casos, principalmente em empresas menores, o departamento administrativo pode exercer a função de recursos humanos e financeiro ao mesmo tempo.

 

Diretoria 

O departamento da diretoria é quem toma as decisões primordiais para o futuro da empresa, assim como o seu desenvolvimento.

 

É ele também quem gere os demais colaboradores, atribuindo funções, metas e ações que devem ser executadas.

 

Atendimento ao cliente 

Por fim, o setor de atendimento ao cliente pode englobar muitas áreas e momentos que se tem contato com o interessado na compra, como:

  • Processo de compra;
  • Devolução;
  • Pós venda;
  • Encantar o consumidor;
  • Solucionar problemas.

E muito mais!

 

Como estruturar departamentos da empresa? 

Quer começar a estruturação dos departamentos de sua empresa?

 

Continue lendo abaixo nossas dicas e veja o procedimento mais indicado para estruturar corretamente os departamentos de sua companhia:

 

Aprenda a delegar tarefas

O líder de uma empresa deve saber repassar e distribuir as responsabilidades, dessa forma, poderá ter mais tempo para focar em outras estratégias e ações internas.

 

Mas, é importante compreender que ao delegar, isso não quer dizer delargar! É preciso continuar acompanhando os resultados, conversando com os responsáveis e sanando dúvidas quando necessário.

 

O comandante deve estar na frente da equipe desenvolvendo novas atividades, novos produtos e novos serviços, deixando com que outras preocupações sejam resolvidas por profissionais da área designada.

 

Enquanto isso, os setores designados possuem mais aplicação, maior produtividade e foco nas atividades que devem ser executadas.

 

5W2H: ferramenta primordial

Ao aplicar essa ferramenta simples e muito útil, é possível saber exatamente quais são as ações, atividades e setores que devem ser criados para uma melhor distribuição.

 

Entenda mais como ela funciona:

  • What – O que: aqui é o ponto principal, afinal, o que deve ser feito ou a questão que está sendo levantada;
  • Why – Porque: qual a razão disso estar sendo abordado ou colocado em pauta pela companhia;
  • When – Quando: até quando isso deve ser sanado ou a meta atingida;
  • Who – Quem: quais são as pessoas envolvidas nesse processo ou que devem ser designadas para essa execução correta;
  • Where – Onde: qual o setor que será criado ou responsável pela execução das atividades;
  • How – como: quais serão os planos traçados para que isso aconteça conforme o esperado ou dentro do tempo determinado;
  • How much – quanto custa: qual será o valor investido para que esse novo plano ou ação aconteça.

Com essas informações em questão, fica muito fácil entender e saber como deve ser constituído um departamento de uma companhia.

 

Quais os relatórios de cada setor da empresa? 

Veja abaixo quais são os relatórios designados para cada setor da empresa e suas principais funções:

 

Comercial

  • Meta de venda;
  • Meta de conversão;
  • Meta de tíquete médio;
  • Quantas ligações são feitas dentro de determinado período;
  • Quantas oportunidades são geradas;
  • Quantas propostas são enviadas;
  • E por fim, quantas vendas são geradas.

Marketing

  • CPC – Custo por aquisição de cliente;
  • Custo por lead;
  • Custo por aquisição;
  • ROI.

Financeiro

  • Faturamento.
  • Lucro;
  • Caixa;
  • Ciclo financeiro;
  • Índice de liquidez seca.

Produção

  • Peças produzidas por indivíduo;
  • Peças produzidas por dia;
  • Número de retrabalho;
  • Quantidade de defeitos;
  • Tempo médio de preparação.

Confira abaixo no vídeo de Café com Comandante quais são os relatórios que cada departamento deve ter, como funcionam e aplique o quanto antes em sua companhia.

Quais as metas de cada setor da empresa? 

Está em dúvidas sobre quais são as metas que devem ser determinadas para cada setor de sua empresa?

 

Acompanhe abaixo algumas dicas para entender melhor o processo:

 

Monitoramento

É preciso que seja executado nos três primeiros meses o monitoramento do que está acontecendo dentro da empresa, depois dessa observação, é preciso estabelecer metas agressivas para o andamento do processo.

 

Ponto de equilíbrio

Aqui, é preciso estabelecer uma meta como ponto de equilíbrio, assim, pode-se saber:

  • Quanto é preciso vender;
  • Quantos clientes é preciso atrair;
  • Qual a quantia mínima para ter lucro;
  • Qual a quantia do tíquete média da empresa.

Assim, é possível traçar quais são as bases mínimas e então assim, criar planejamento estratégicos para que ações possam aumentar esses números ou deixá-los no mínimo estabelecido.

 

Clique no vídeo abaixo e escute mais no podcast Café com Comandante e saiba mais sobre como criar metras dentro de um negócio com segurança.

Gostou desse conteúdo? Não deixe de acompanhar mais informações aqui no nosso blog, além de ficar sempre bem atualizado em nossas redes sociais sobre nossas novidades.