Como definir metas para a empresa e atingir os objetivos de forma inteligente

Tempo de leitura: 11 minutos

Empresas de grande renome possuem uma coisa em comum: sabem como definir metas e planejamento para alcançar os objetivos.

 

Mas, essa não é a realidade dos empresários brasileiros: segundo uma pesquisa realizada pela consultoria Falconi, dentre 100 companhias entrevistadas, apenas 10% possuem uma estratégia bem formulada para os próximos 3 a 5 anos

 

Além disso, 47,6% dos líderes confirmaram a não existência de ações de médio a longo prazo criadas, porém, sabem dessa necessidade.

 

Para que o seu negócio se desenvolva e alcance números cada vez maiores, é preciso traçar muito bem quais são os próximos passos e assim, segui-los a risca.

 

Confira aqui no blog EAG um passo a passo de como definir metas bem estabelecidas para empresa e atingir objetivos de forma inteligente.

 

Significado de meta

Segundo o dicionário Michaelis, meta é alvo, mira ou destino final, sendo assim, para onde as ações são direcionadas.

 

Assim, saber como definir metas organizacionais é peça chave para empresas que querem atingir certos resultados e  ganharem destaque no mercado de atuação.
Com objetivos bem traçados, fica mais fácil melhorar o engajamento da equipe, produtividade e desempenho para alcançar o mesmo resultado.
Cuidado com estas estratégias para bater metas; Se você apostar nelas, é grande as chances de ter problemas!

 

Meta e objetivos são a mesma coisa?

Primeiro é preciso compreender o que são cada um deles.

Objetivos são referentes a uma descrição de qualidade e do que deseja-se atingir. Assim, são norteados por métricas para que as melhores escolhas sejam adotadas.

Exemplos claros de objetivos são:

Criar um time composto por x pessoas;
Vender uma quantidade maior do que nunca.

Enquanto isso, metas são um “passo a passo” do que fazer para atingir o objetivo.
Geralmente são desafiadoras e realistas, além de que devem ser claras e de fácil entendimento para todo o time envolvido.

Como definir metas para a empresa em 3 passos

Mas, afinal, como saber definir as metas para sua empresa? Veja abaixo 3 passos primordiais e comece o quanto antes!

 

1. Saiba onde quer chegar

Antes de mais nada, é preciso se perguntar onde a empresa quer chegar: bater o primeiro milhão em um ano, ultrapassar a marca de “xis” funcionários, contratar novos talentos… As possibilidades são muitas!

 

Ao entender o atual momento de sua empresa e qual o objetivo final, fica muito mais simples de desenvolver um planejamento estratégico com metas bem estabelecidas.

 

Com esses pontos levantados, fica mais simples avaliar os recursos disponíveis, o que é preciso inovar – ferramentas ou novos profissionais -, limitações e entender o potencial dos colaboradores.

 

2.Use a meta smart

A meta SMART  é uma das maneiras mais eficientes e simples de como definir metas para a empresa e atingir os objetivos de forma inteligente. Ficou curioso? Entenda abaixo.

 

Primeiro é preciso compreender que cada letra possui um significado:

 

S – Specific (específica)

Todos os colaboradores devem saber exatamente do que se trata a meta, por isso, ela deve ser específica.

 

Por exemplo: atingir 10 milhões de seguidores no Instagram da empresa.

 

Assim, deve-se fazer as seguintes perguntas para que esse tópico seja bem respondido:

O que eu desejo obter com essa meta?
Quem contribuirá para o alcance dela?
Onde, como e porque deve ser concluída?

M – Measurable (mensurável)

É preciso que ao criar uma meta, imponha-se um valor de medida, assim, será possível acompanhá-la e verificar o desempenho das ações para o alcance do objetivo.

 

Algumas das perguntas que devem ser realizadas nessa etapa, são:

Qual é o resultado esperado e quanto tempo será preciso?

A – Attainable (atingível)

É primordial que a meta que for criada seja realista. Mesmo que pareça óbvio, muitas empresas não tem essa noção.

 

Quando isso acontece, há grandes chances de que a equipe fique frustrada, mesmo com a criação de metas bem estabelecidas.

 

Assim, é preciso avaliar alguns pontos essenciais:

Levando em consideração o cenário atual da empresa, é possível atingir esse objetivo?
Os trabalhadores acreditam que essa meta é possível?

R – Relevant (relevante)

Quando se tem uma meta, estratégias e ações são criadas para que os resultados aconteçam.

 

Mas, quanto mais importante e com mais propósito dentro da cultura organizacional da empresa, mais motivados estarão as pessoas envolvidas.

 

É importante compreender que metas que não possuem importância, não serão tratadas como deveriam, lembre-se disso!

 

T – Time based (temporal)

Por fim, é preciso que quando essa meta for traçada, tenha-se um tempo limite para que seja atingida: seja um dia, um mês ou até mesmo alguns anos.

 

Note como esse ponto em específico possui características de todas as outras:

Específico;
Mensurável;
Atingivel;
Relevante;
Temporal.

Clique abaixo e confira como traçar metas inteligentes para obter mais vendas em sua empresa o quanto antes com ajuda do canal do EAG no YouTube:

 

3. Faça gestão à vista

Gestão à vista é uma forma de gerenciamento disponibilizada aos trabalhadores para que consigam visualizar de forma instantânea os resultados da empresa.

 

De uma forma geral, são informações que demonstram quais são os resultados dos trabalhos que estão sendo administrados, seja por um squad em específico ou por um trabalho em conjunto.

 

Por meio de ferramentas específicas é possível conferir esses dados online, o que facilita o controle, acompanhamento e por fim, quais serão as próximas decisões tomadas.

 

Uma das dúvidas mais comuns por partes dos gestores é: devo mostrar os números da minha empresa para meus funcionários?

 

Se você está se perguntando o que fazer nesse caso, confira no episódio de podcast abaixo e compreenda de vez o que é melhor para sua empresa!

 

 

Como atingir metas empresariais em 5 passos

Com algumas questões esclarecidas acima, é importante saber quais são os cinco passos primordiais para atingir as metas empresariais. Confira abaixo como o EAG fez para bater uma meta desfiadora em um ano de dificuldades e inspire-se!

1. Crie um plano de ação

Traçar um plano de ação é o passo inicial para deixar os objetivos claros, assim, mostram quais são as próximas ações e estratégicas seguidos pela empresa.

 

O plano de ação deve ser o mais transparente possível. Para te ajudar nesse processo, é preciso seguir a técnica 5W2H:

 

What: quais serão as etapas executadas?
Why: qual o motivo disso estar sendo feito?
Where: qual será o local de execução?
When: qual será o tempo para o processo?
Who: quem será o responsável?
How: qual método servirá como guia?
How much: quanto será o custo?

É preciso facilidade e simplicidade ao traçar as metas. Entenda mais no vídeo abaixo sobre a grande necessidade de metas claras e como isso é primordial em sua companhia.

 

2. Planeje a agenda usando metodologias ágeis

 

A metodologia ágil é um composto de técnicas e ações para que os projetos sejam mais rápidos, eficientes e flexíveis.

 

Assim, os processos ficam reduzidos e dinâmicos, desde o momento da concepção da ideia até a finaliazação da mesma.

 

Algumas das características da metodologia ágil incluem:

Melhorias constantes;
Feedback constante;
Entregas eficientes e de qualidade;
Fácil adaptação à mudanças;
Inovação máxima.

Quer saber como fazer a correta gestão de tarefas e bater todas as metas traçadas? Confira a explicação abaixo de Marcelo Germano!

3. Acompanhe indicadores

Também chamados de KPIs, os indicadores são métricas que indicam o avanço (ou redução) de sua performance segundo os objetivos da organização.

 

Com o planejamento estratégico e ações claras, fica mais fácil de compreender o que os gráficos e números estão demonstrando sobre sua empresa.

 

Essa monitoração serve como referência para quais serão os próximas passos tomados ou o que deve ser repensado: nem sempre o que foi definido de início surtirá o efeito desejado.

 

Alguns KPIs mais utilizados, são:

Indicadores de produtividade: são atrelados a produção e entrega do colaborador;
Indicadores de qualidade: interligados aos de produtividade, facilitam a compreensão dos resultados, como por exemplo, produtos com avarias;
Indicadores de capacidade: aqui é medido qual a quantidade de produtos estão sendo produzidos, sejam originários de máquinas, de leads ou de vendas, por exemplo;
Indicadores estratégicos: por fim, ajudam a orientar a empresa segundo os objetivos traçados.

Para compreender com mais precisão o que cada um desses indicadores significam, clique e confira no vídeo abaixo a explicação completa de Marcelo Germano:

 

4. Mobilize a equipe para atingir resultados

É preciso um trabalho completo de gestão e engajamento para que a equipe vista a camisa e trabalhe em prol das metas traçadas.

 

Para isso, é importante conhecer cada um dos funcionários que estarão envolvidos no processo, designando ações e atividades dentro da área de atuação.

 

Lembre-se dar o exemplo também: você, comandante da empresa, será usado como referência de entusiasmo e empenho.

 

Manter-se positivo e transmitir esse sentimento aos colaboradores envolvidos é primordial para que os objetivos traçados sejam perseguidos com fervor.

 

Caso surjam conflitos no meio do caminho, saiba resolvê-los com atenção e simplicidade.

 

Por fim, lembre-se de premiar e dar o devido reconhecimento aqueles que tornaram o alcance dos resultados possíveis. Isso aumenta o engajamento e comprometimento com a empresa.

 

Quer saber como motivar seu time em todas as situações? Confira no vídeo abaixo do “Café com comandante” e comece a aplicar as técnicas descritas o quanto antes!

 

5. Comemore os resultados

Resultados atingidos? É a hora de comemorar!

 

A comemoração é a etapa de fechamento de um ciclo, tanto em simbolismo quanto em significado para todos os envolvidos nos processos executados até a meta final.

 

Seja por meio de uma festa, de um jantar, de uma cerimônia ou qualquer outra ação, lembre-se daqueles que trabalharam arduamente para que sua companhia chegasse até o resultado.

 

Algumas das ações adotadas por empresas que valorizam os funcionários e as metas atingidas, são:

Premiações: seja em dinheiro, promoção ou até mesmo com objetos;
Novos cargos: promova aquele colaborador que fez por merecer;
Homenagens: essencial para reconhecer o envolvido e demonstrar gratidão.

Veja abaixo em mais uma edição do “Café com comandante” quais são as melhores formas de criar metas e premiações para seus funcionários:

Exemplos de metas empresariais

Você sabia que são vários os tipos de metas que podem ser inseridas em sua empresa? Veja aqui quais são elas e saiba qual se encaixa melhor em seu negócio:

 

Meta de geração de leads

Ao estabelecer uma meta de leads, você saberá exatamente a quantidade e as estratégias mais indicadas para que seu time de marketing atinja os objetivos.

 

Tudo isso sem traçar resultados impossíveis ou que fiquem abaixo do que seu time pode fazer: exatidão é a palavra chave.

 

A meta de leads é composta pela quantidade de clientes que são potenciais compradores interessados no produto.

 

Depois disso, é preciso trabalhar para converter essas “assinaturas” em vendas e engrandecer seu negócio.

Meta de agendamentos da pré-venda

O consultor comercial é o profissional responsável por aumentar os números referentes a pré venda: ele deve receber os leads, fazer contato prévio e por fim, deixar a negociação pronta.

 

Depois disso, o vendedor irá dar continuidade no processo

 

É importante entender que a pré venda é a ação intermediária: não deve-se avançar até o passo final ou convencer o cliente.

 

A ideia principal é a de compreender a situação do comprador e oferecer as soluções, como uma “isca” para a compra futura.

 

Clique aqui e saiba Como Definir e Acompanhar Uma Meta Comportamental, ação primordial para que empresas obtenham resultados únicos!

 

Meta de vendas

A meta de vendas é uma das mais utilizadas nas empresas. Assim, elas precisam conter todo o passo a passo para que os representantes comerciais consigam revertam em boas performances.

 

Aqui também é preciso ser realista, criar prazos condizentes e definir os papéis dos envolvidos com clareza. Dessa forma:

É preciso conhecimento do mercado relacionado a companhia;
Entender o timing;
Traçar boas estratégias;
Criar cotas para o time;
Traçar o perfil do cliente;
Qual será o tipo de produto comercializado.

Além de tantas outras questões.

 

Meta de faturamento

Nesse caso, é preciso que o número estabelecido seja específico, por exemplo: o aumento de faturamento será de 15% em relação ao mês anterior.

 

Lembre-se de não deixar os dados ou informações muito genéricas, isso desmotiva e desengaja os funcionários envolvidos.

 

Deve-se levar em conta ao estabelecer uma meta de faturamento:

Orçamento anual: referente ao ano anterior ou outros períodos;
Ponto de equilíbrio: aqui traça-se qual será a quantidade de vendas para a empresa começar a obter lucro;
Metas desafiadoras e realistas: o objetivo não deve ser fácil, mas, também não deve ser impossível – encontre esse meio termo!
Traçe um plano: aqui é preciso estabelecer todos os próximos passos que virão para atingir as metas definidas.

Meta de endividamento

A meta de endividamento realiza a medição dessa quantidade correspondente da companhia quando comparada ao valor total de seu ativo, ou seja, qual a quantia está sendo financiada por terceiros.

 

Ele é usado como um dos melhores indicadores para analisar e compreender a saúde financeira de uma companhia.

 

Para traça-lo, geralmente é preciso o auxílio de um contador ou especialista da área financeira da empresa, fique atento!

 

Meta de produtividade

As metas de produtividade são traçadas com base em resultados estabelecido para a equipe para aumentar a produção.

 

Assim, essa meta demonstra mais sobre o rendimento dos colaboradores em direção aos resultados que foram criados.

 

Um exemplo simples é: se o objetivo da semana são 50 ligações para os contatos da empresa, o funcionário que fizer 57 já será muito mais produtivo do que antes.

 

Assim, essas metas demonstram a capacidade de maior produção, porém, sem alterar os recursos disponíveis e nem deixar a qualidade de lado.

 

Todo indicador empresarial pode ter uma meta

Durante o processo de gestão, as metas e os indicadores são essenciais para que os empreendedores saibam qual caminho tomar em sua companhia.

 

Neles, são analisados o momento atual da empresa e onde se deseja chegar, gerando referência e traçando planos específicos para ir além.

 

É importante traçar metas e ter dados corretos, visto que do contrário, as falhas podem atrapalhar o destino final e diminuir a eficácia de sua equipe.

 

Assim, cada indicador empresarial pode ter uma meta diferente definida. Mas, como funciona? Entenda primeiro quais são os indicadores mais utilizados:

Taxa de absenteísmo;
Retenção de talentos;
Taxa de conversão;
Ticket Médio;
ROI (Retorno sobre o investimento);
Índice de turnover;
Custo de Aquisição do Cliente (CAC);
Faturamento;
Lucratividade;
Endividamento;
Clima organizacional;
Capacidade;
Qualidade;
Geração de leads canal;
Taxa de conversão.

Assim, dentro de cada um deles é possível traçar os objetivos e próximos passos, melhorando a empresa por etapas reduzidas.

 

Essa é uma ação muito melhor e com mais foco em cada situação, visualizando as soluções com mais clareza e com próximos passos mais assertivos.

 

Quer começar a definir as metas para cada departamento do seu negócio? Confira abaixo no episódio abaixo do “Café com comandante” dicas únicas para melhorar os resultados de sua companhia, em todos os setores:

 

 

Importância de estabelecer metas para a empresa

É de suma importância que a empresa saiba estabelecer metas para a empresa, assim, há aumento de produtividade, de receita e também do engajamento dos funcionários.

 

Com essa orientação, têm-se um foco para que todos trabalhem e se esforcem para atingirem o tão esperado objetivo.

 

Dessa forma, ter um bom planejamento, traçar estratégias e analisar a concorrência são os primeiros passos para quem deseja comandar uma empresa com qualidade.

 

Veja algumas das ações precisas para que isso aconteça:

Planejamento: é preciso um “norte” para as ações que serão executadas, assim, tem-se mais clareza e motivação para o time;
Foco na equipe: essas metas criadas devem unificar os colaboradores e fazer com que trabalhem em prol de um objetivo em comum;
Ação: cobre a produtividade de todos, assim, torna-se mais possível visualizar os resultados acontecendo.

Aqui no EAG trabalhamos para que sua empresa obtenha sucesso para se tornar autogerenciável e conquistar o tão desejado sucesso.

 

Confira abaixo o depoimento de Joelma Barros, que com a nossa consultoria alcançou as metas e mudou de vez o cenário de sua companhia.

Ainda não se convenceu? Confira abaixo o depoimento de André e Giliane, donos de uma empresa de 10 funcionários que obtiveram resultados incríveis!

Angelo Wan é um empresário com 45 funcionários que com a consultoria do EAG, finalmente conseguiu bater metas por meio de uma equipe engajada e motivada. Confira como:

O que fazer quando empresa não bate meta?

Mas, não consegui atingir metas na minha empresa. O que devo fazer?

 

Primeiramente, é preciso entender o porque a empresa não bateu a meta. Afinal, quais foram as razões, causas e impedimentos?

 

Converse com todos os funcionários envolvidos no processo, entenda o ponto de vista de cada um e quais foram os problemas enfrentados.

 

Depois desta análise, é preciso encontrar soluções e ações para que esses problemas não se repitam, assim,  buscando sempre a melhoria da equipe de forma geral.

 

Nesse momento, é a hora de parar e traçar novas rotas e novos objetivos: as causas podem ser vários fatores, desde internos quanto externos que podem estar interferindo no resultado final.

 

Com isso, é preciso aplicar as mudanças na prática com o compilado de informações resultado para que a próxima meta seja atingida dentro do prazo definido.

 

Aqui no EAG temos reuniões e ações específicas acionadas quando não batemos as metas. Clique no vídeo abaixo e confira quais são elas:

 

Ficou interessado em mudar sua empresa de vez? Entre em contato com a equipe EAG por meio deste formulário e comece a ver os resultados o quanto antes!

O post Como definir metas para a empresa e atingir os objetivos de forma inteligente apareceu primeiro em Blog EAG.

Tempo de leitura: 11 minutos Empresas de grande renome possuem uma coisa em comum: sabem como definir metas e planejamento …
Leia Mais
O post Como definir metas para a empresa e atingir os objetivos de forma inteligente apareceu primeiro em Blog EAG.

Deixe um comentário