Como desenvolver a liderança dos funcionários e criar líderes de sucesso

Tempo de leitura: 4 minutos

Grandes líderes formam grandes equipes e assim, bons feitos e objetivos são alcançados. Mas, ter esse comandante com um bom direcionamento e responsabilidade não deve ser algo restrito a somente o dono da empresa. Na verdade, também é papel da empresa desenvolver a liderança dos funcionários.

 

Uma das principais ações para a criação de novos líderes é o desenvolvimento das habilidades de cada um, mas, como começar? Aprenda neste conteúdo como fazer da capacitação dos funcionários um hábito na sua empresa.

A importância da liderança nas empresa

Um líder de sucesso é aquele que orienta a equipe e desenvolve as competências dos liderados para atingir sempre melhores resultados. Portanto, uma empresa que não desenvolve liderança nos colaboradores tende a ter um time com baixo nível de maturidade.

É importante que o líder não dependa de funcionários talentosos, mas, faça com que pessoas “comuns” se tornem altamente capacitadas, dessa forma, alguns vão conseguir atingir os méritos desejados, enquanto outros não.

Ou seja, altamente dependente do líder para realizar as tarefas. Na prática, isso prejudica a performance e atrasa as demandas.

Além disso, estimular a liderança dos funcionários aumenta o engajamento do time e dá às pessoas aquela vontade de “vestir a camisa da empresa”. Dessa forma, o desenvolvimento é importante para:

Aumentar o nível de maturidade do time;
Ampliar a autonomia dos funcionários;
Elevar a capacidade de entrega de resultados;
Ter uma equipe autogerenciável.

Entenda no episódio de podcast a seguir mais detalhes sobre a importância de desenvolver líderes na equipe e anote algumas dicas de ações importantes para realizar esta tarefa:

Algumas ações são necessárias para a formação de liderança foram mencionadas neste vídeo do Café com Comandante, onde o Marcelo Germano tira a dúvida de um empresário que perguntou o que deveria fazer para motivar a equipe:

 

Como desenvolver a liderança de funcionários? Dicas!

Quer começar a aplicar esse processo? Veja abaixo como realizá-lo por meio de passos simples:

Foque nas competências

É preciso que você tenha atenção e saiba identificar as competências de cada um dos funcionários. Dessa forma, fica muito mais fácil de explorar as qualidades dos profissionais, além de aplicar os investimentos necessários para o melhor aproveitamento dos talentos.

Faça treinamentos

Ninguém nasce pronto, por isso é preciso aplicar treinamentos de capacitação para que os frutos sejam colhidos no futuro, além de que segundo o estudo da EF Education First, empresas que investem em seus colaboradores possuem 74% mais engajamento. 

 

São várias as possibilidades de treinamentos, desde programas de consultoria, programa de desenvolvimento de liderança, roleplay e até treinamentos específicos sobre a própria marca ou produto.

Além disso, esse processo de capacitação não deve ser exclusivamente individual: desenvolva a empatia com os outros funcionários e observe a expansão das relações interpessoais.

 

 

Exercite a gratidão

Pessoas com iniciativa têm a gratidão como uma de suas características natas, o que é mais que necessário para motivar uma equipe nos momentos difíceis, não permitindo espaço para inseguranças.

Essa atitude positiva dá certeza e confiança para que tanto o colaborador quanto sua equipe de que o recado será cumprido.

Quando o caso é de uma pessoa pessimista, é comum que o ambiente seja sempre tomado pela sensação de derrota e impossibilidade de resolver a situação, sentimentos proibidos para quem quer ter um time de sucesso.

Uma das ações que podem ser introduzidas no dia a dia é o positive focus, onde antes das reuniões, todos devem numerar 3 motivos de agradecimento ao dia, exercitando a gratidão e bons sentimentos para com toda a equipe.

Além disso, a comemoração de metas e resultados também são iniciativas muito recomendadas para ampliar a sensação de felicidade e dever cumprido do time.

Priorize a comunicação transparente

A comunicação clara é primordial para a formação da autogestão. Mas, é preciso entender a necessidade de uma boa habilidade de expressão em vários quesitos: no bom relacionamento com os outros colaboradores, no gerenciamento das atividades e desenvolvimento de ideias.

 

Manter a transparência é um dos deveres dos líderes, desde o momento da capacitação do funcionário, no momento de delegar as tarefas, comunicações sobre o quadro de funcionários até avisos diários dos mais simples.

Dê a oportunidade do funcionário fazer o que gosta

Pessoas possuem aptidões e dons diferentes, por isso, entenda qual é a do seu funcionário e permita com que ele explore isso, por exemplo: colaboradores que têm paixão por escrever devem ter maior contato com redação, àqueles que amam números devem ter maior contato com gráficos e assim em diante.

 

Isso é fato: funcionários felizes apresentam resultados melhores conforme um estudo realizado pela Universidade da Califórnia!

 

Inclusive, há comprovações de que os funcionários que têm a oportunidade de fazer aquilo que gostam no trabalho são mais engajados. No livro “12 elementos para uma gestão de excelência”, produzido pela Gallup em parceria com a Havard, indica que este é um dos 12 requisitos cobrados pelo colaborador. Se a empresa não fizer isso, dificilmente conseguir´manter a motivação do time a longo prazo.

 

Dê o exemplo

De nada adianta cobrar liderança e desenvolvimento dos funcionários se o próprio gestor não atua dessa forma. Assim, procure deixar claro o que você faz, como faz e quais são os seus hábitos para a produção diária.

Um bom exemplo é: você pode reunir a equipe uma vez na semana para um bate-papo sobre o status das demandas, demonstrando assim seus afazeres e o que ainda está por vir.

 

Demonstrar vulnerabilidade aumenta a conexão com os outros colegas, uma ótima pedida para quem quer estreitar os laços no ambiente de trabalho e assim, promover a autogestão.

 

Devo fazer testes para promover o colaborador a cargos de liderança?

Testes para promover o colaborador são bem-vindos nas empresas. A partir destas provas de competências o empresário conseguirá medir o desenvolvimento do colaborador e saber se o funcionário está pronto para assumir um cargo de liderança. A realização desta etapa no processo de promoção dá mais segurança à organização e ao novo líder, que só receberá novas responsabilidades caso todos estejam certos de que sua capacitação está completa para a nova função.

 

Confira no vídeo a seguir uma explicação do Marcelo Germanos sobre ideias de testes para promover o colaborador a cargos de liderança que vão te ajudar a saber se o funcionário está pronto para virar um bom líder.

 

Vale lembrar que o desenvolvimento da liderança é contínuo. Mesmo os líderes de longa data precisam continuar estudando e treinando novas habilidades para obter melhores resultados. Para continuar nessa jornada de capacitação, é importante entender qual o tipo de liderança exercer em cada situação e praticar atividades de inteligência emocional 

O post Como desenvolver a liderança dos funcionários e criar líderes de sucesso apareceu primeiro em Blog EAG.

Tempo de leitura: 4 minutos Grandes líderes formam grandes equipes e assim, bons feitos e objetivos são alcançados. Mas, ter …
Leia Mais
O post Como desenvolver a liderança dos funcionários e criar líderes de sucesso apareceu primeiro em Blog EAG.

Deixe um comentário